© 2010 B.Mussi Revista Pop

Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription

Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription, Lembro-me com muito prazer das coisas que mais me instigaram a começar no surf já no final da década de 70. Retino-A Cream 0,05 for sale, Além do contato com o mar, da admiração pela natureza e de uma grande atração pela irreverência da juventude daquela época, Retino-A Cream 0,05 alternatives, Retino-A Cream 0,05 australia, uk, us, usa, foi através das fotos das raras revistas de surf que eu me apeguei ao destino de me tornar um surfista.

O ano era de 1976 e eu com apenas 10 anos de idade já viajava nas fotos que conseguia das revistas POP, ordering Retino-A Cream 0,05 online, Generic Retino-A Cream 0,05, de variedades jovens, e da primeira revista brasileira de surf, buy Retino-A Cream 0,05 from canada, Buy Retino-A Cream 0,05 no prescription, a BRASIL SURF. Eram imagens que me lançavam para um mundo ainda cheio de mistérios e desafios criando em meu subconsciente a atmosfera perfeita para me fazer descobrir o caminho certo para iniciar no esporte, rx free Retino-A Cream 0,05. Real brand Retino-A Cream 0,05 online,

[caption id="attachment_582" align="alignnone" width="800" caption="Primórdios das revistas de surf brasileiras..."]Revista Surf Brasil[/caption]

Em 1977, com 11 anos, Retino-A Cream 0,05 brand name, Retino-A Cream 0,05 dangers, finalmente materializei o sonho de ficar em pé em uma prancha de surfe de isopor para, definitivamente, where can i order Retino-A Cream 0,05 without prescription, Retino-A Cream 0,05 photos, me aproximar daquele mundo espetacular que eu cultivava com tanto amor.

A parede do meu quarto era o reflexo dessa minha paixão, Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Eu recortava as fotos que achava mais alucinantes e colava bem na frente da minha cama, get Retino-A Cream 0,05. Retino-A Cream 0,05 recreational, Na hora de dormir eu ficava olhando, viajando, where can i find Retino-A Cream 0,05 online, Retino-A Cream 0,05 pics, até me envolver completamente em sonhos super emocionantes. Nascia ali o surfista Bernardo Mussi, Retino-A Cream 0,05 no rx, Purchase Retino-A Cream 0,05 online, o autor deste humilde relato.

Em 1980 eu já tinha 03 anos de surf e 14 de idade, Retino-A Cream 0,05 maximum dosage. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription, A BRASIL SURF saía de cena para dar espaço a uma nova leva de revistas e jornais especializados que construíram definitivamente as bases do surf profissional em todas as suas áreas. Retino-A Cream 0,05 interactions, O sonho de ganhar dinheiro trabalhando no esporte já era uma realidade para poucos aventureiros. De uma atividade meramente amadora e descompromissada o surf caminhava para se tornar, buy no prescription Retino-A Cream 0,05 online, Buy Retino-A Cream 0,05 without a prescription, nos anos 90, um esporte que movimentava milhões de dólares ao redor do mundo, what is Retino-A Cream 0,05. Retino-A Cream 0,05 images, As revistas especializadas foram fundamentais para o crescimento do surf como uma grande potência esportiva e de mercado. Empresas, Retino-A Cream 0,05 from canadian pharmacy, Purchase Retino-A Cream 0,05 online no prescription, atletas, produtos, Retino-A Cream 0,05 natural, Where can i buy Retino-A Cream 0,05 online, eventos, estilo de vida, effects of Retino-A Cream 0,05, Doses Retino-A Cream 0,05 work, turismo, meio ambiente e tantos outros seguimentos se beneficiaram destes veículos ao se projetarem em uma linguagem textual e de imagem super atraente, buy Retino-A Cream 0,05 without prescription.

[caption id="attachment_592" align="alignnone" width="800" caption="O outline mudou mas o espirito continua o mesmo"]Revista Fluir[/caption]

Por isso sou fã dos idealizadores, editores e produtores de revistas como FLUIR, VISUAL, HARDCORE, INSIDE, TRIP, SWELL, EXPRESSO, THE SURFPRESS, ALMA SURF entre outras, além dos jornais especializados como NOW, QUAL O LANCE e TAKING, Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Retino-A Cream 0,05 gel, ointment, cream, pill, spray, continuous-release, extended-release, Não saberia listar aqui todos os veículos que fizeram e ainda fazem a alegria do seguimento, tanto a nível nacional como internacional, Retino-A Cream 0,05 forum. Retino-A Cream 0,05 price, Fato é que sou admirador ferrenho de suas equipes e da capacidade que possuem de levar o surf a milhões de pessoas, e vice-versa, buy cheap Retino-A Cream 0,05 no rx. Online buy Retino-A Cream 0,05 without a prescription, Ressalte-se que na época da BRASIL SURF quando nem imaginávamos a notícia da existência do celular e do computador, tudo era muito mais romântico, Retino-A Cream 0,05 dose. Taking Retino-A Cream 0,05, Aquela geração estava descobrindo seus instintos naturalmente sem a enxurrada de informações e facilidades que temos hoje. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription, Bali, Macumba, Itacaré e Fernando de Noronha estavam sendo descobertos. A previsão das condições do mar exigia alguns anos de experiência no surf, Retino-A Cream 0,05 class, muita sensibilidade com as condições do clima, lua e marés, além de uma boa dose de sorte. As mono-quilhas limitavam performances mais agressivas e o estilo do surfista era algo super importante, quase mágico.

Revista Hard Core

Os ídolos daquele tempo não eram apenas os campeões das raríssimas competições, porém, aqueles que se destacavam pela maneira de se expressar sobre suas pranchas e por seus comportamentos fora d’água. E as revistas brasileiras de surf reservavam muito mais espaço para picos e surfistas locais sem compromisso com patrocinadores do que em relação aos dias atuais.

Sinto saudades, Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Olho para trás e vejo que sou um cara privilegiado por ter vivido intensamente uma época interessante da história do surf. Não diria melhor que os dias atuais, mas, diferente, já que acredito que na cabeça dos jovens surfistas de hoje uma explosão de sentimentos igualmente instigantes aflora com o mesmo entusiasmo.

Aos 45 anos de idade e 33 dedicados ao mundo das pranchas, continuo me esforçando para mirar o futuro com a mesma juventude dos tempos em que dormia vidrado nas fotos de surf da parede do meu quarto. Não quero deixar de sonhar com as ondas e os lugares paradisíacos que vejo com muito mais facilidade nas inúmeras revistas de surf que estão por aí.

Revista Pop

Agradeço humildemente às revistas de surf por terem me lançado neste mundo especial. Valeu BRASIL SURF, valeu POP e todas as outras que as sucederam...

Bernardo Mussi – Blogueiro colaborador e patrocinador da parceria EasyDrop com a  "Punho Forte".

Similar posts: Buy Flomax Without Prescription. Buy Tamoxifen Without Prescription. Buy Baclofen Without Prescription. Buy Erythromycin Without Prescription. Buy Lotensin Without Prescription. Is Flomax addictive. Levlen steet value. Order Crestor online overnight delivery no prescription. Buy Yagara without prescription. Noroxin dose.
Trackbacks from: Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription. Retino-A Cream 0,05 over the counter. Australia, uk, us, usa. Online buying Retino-A Cream 0,05. Cheap Retino-A Cream 0,05. Where can i order Retino-A Cream 0,05 without prescription.

7 Responses to “Buy Retino-A Cream 0,05 Without Prescription”

  1. Leleco Gama says:

    Fala Bernardo!

    Hoje eu tava dando uma olhada na revista Fluir, edição de aniversário e tinha uma matéria com o mesmo tom do seu post aqui no blog, falando do papel de revistas de surf como a Fluir e a Brasil Surf no imaginário da galera dos primórdios do surf no Brasil.

    Além disso, tem uma outra matéria que fala sobre preservação das praias que cita o seu trabalho de limpeza do fundo do mar pós carnaval 2010 junto com a galera do surf de salvador.

    Parabéns pelo trabalho…

    Aloha!

  2. Valeu amigão! Tempos nostálgicos que não voltam mais. Apenas na memória.
    Fico feliz que compartilhe estas ideias e vejo que tem grande preocupação com as questões ambientais. Isso é muito bom. Super Aloha, Bmussi

  3. Ewandro Ballalai says:

    Grande Bernardo,

    Sou de uma geração um pouco mais antiga, comecei com pranchas de isopor em 1970, tinha apenas sete anos, mas o início que considero mesmo é o com as pranchas de fibra. Não havia imprensa nacional de surf, ficávamos esperando chegar as revistas importadas no aeroporto ou na banca “A Revista” especializada em revistas de todo o mundo, também não tinhamos acesso à nenhuma outra mídia, Filmes , grgravações, nada.
    A revista Brasil Surf foi a primeira e uma das mais importantes para a fivulgação do esporte nestes tempos, já na número um uma reportagem falava da Bahia, naedição número tres a notícia de um campeonato na Praia do Pescador eem 1978 onde seis nomes de surfistas locais foram citados, era meu primeiro campeonato e já figurava entre os melhores na quinta colocação.
    As revistas eram o único meio de ver o surf e ficávamos imaginando as manobras, nos detendo horas sobre uma única foto e discutindo-a com os colegas do esporte.
    Na década de 70 começou uma série de exibições de filmes no Instituto Social e no Bahiano de Tênis e nossa sede de compreensão das fotos foi aplacada e mais nossa visão foi ampliada.

  4. Marilia says:

    Eu tenho 32 anos e só posso imaginar como as primeiras revistas da década de 70 ajudaram muitos a seguirem o sonho de serem surfistas e viverem disso.

    Eu também colecionava revistas de surf aos 13 anos. Na época comprava a Hard Core e a Fluir para recortar e embelezar meus cadernos de escola, mas só comecei a surfar mesmo aos 26.

    Embora os filmes hoje sejam uma tremenda fonte de aprendizado e estímulo para a gente cair no mar, não tem nada como colocar aquela foto perfeita na parede para olhar antes de dormir e sonhar, como você fazia.

  5. Legal Marilia! Certamente que as fotos e as imagens de surf em video são sempre muito instigadoras. Ainda sou fissurado em revistas e tudo que possa estar alimentando minha eterna vontade de estar mergulhado no mundo do surf. E isso é bom demais…. Super abraço, BMussi

  6. carlos moraes says:

    Pô galera, ( Balallai, abraços! )como é bom saber de Bonga dos bons sentimentos de um Campeão das boas vivências no mundo do Surf. Ontem em Jaguá fiquei alegre em ver o brilho nos olhos de um grande amigo ao ver eu ainda dropando as ondas sem fazer feio, feio que feio, melhor foi o que eu senti, emoções de quem ainda está na ativa dropando segurando em ” alta” os limites físicos, e Bonga ai passa agradáveis sentimentos dos primórdios, sou do tempo que meu sentimento de aprendizado era sair do mar para admirar o surf dos veteranos, Alex Cunha Guedes foi o meu primeiro ídolo, depois Alberto Catarino, Tourão e Jorge Moraes e isso ao vivo e a cores, e anos depois Reno Abelira, lARRY Barkman e outros através das fotos na revista importada SURFING MAGAZINE, e sempre tem alguém de alguma forma mais inteirado que a gente, era Dimitrius Levendacus que como eu colecionava as revistas e por cima falava inglês muito bem, e eu babava o que ele comentava das leituras da Surfing e até digo que eu sentia muita falta das traduções rsssssssssss fazer o que? I dont’ speack inglês very well até hj rsssssssssss Enfim, é muito bom se identificar com seus sentimentos Bonga, são puros, sinseros e Surf limpo e autêntico. ALOHA!

  7. Bernardo Mussi says:

    Uhúuuuuuuuu… É isso aí, nós saíamos do mar para ver os ídolos surfando…E tinhamos o maior respeito…E eramos super felizes por isso…Hoje tá tudo mudado rssss…. Mas a essência continua…Energias positivas a 1000…Abço, Bmussi

Leave a Reply